Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

Lembranças

Há uns anos atrás, apareceu num blog, amigo este texto de Pablo Neruda:

 

-

março 21, 2007

dá que pensar...


"Morre lentamente quem nao viaja, quem nao lê, quem nao ouve musica e quem nao encontra graca em si mesmo.
Morre lentamente quem destroi o seu amor proprio, e quem nao se deixa ajudar pelos outros.
Morre lentamente quem se faz escravo dos seus habitos, percorrendo todos os dias o mesmo trajecto,
quem nao muda de marca, quem nao se arrisca a vestir uma nova cor ou a conversar com quem nao conhece.
Morre lentamente quem faz da televisao o seu refugio.
Morre lentamente quem nao e capaz de apaixonar-se, quem não põe os pontos nos "is", quem perde o brilho sereno dos olhos e quem transforma os sorrisos em bocejos.
Morre lentamente quem nao vira a mesa quando se sente infeliz no trabalho,
quem nao arrisca o certo pelo incerto para ir atras de um sonho e quem nao foge, pelo menos uma vez na vida, dos conselhos "sensatos".
Morre lentamente quem passa os dias a queixar-se da sua ma sorte e da chuva que nao deixa de cair.
Morre lentamente quem abandona um projecto antes de o iniciar, quem nao pergunta sobre um assunto que desconhece ou nao responde quando o interrogam sobre algo que ele sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforco muito maior que o simples facto de respirar."

Pablo Neruda

 

 

 

Porque, há muito, não aparece,  deixo esta recordação.

Fazes cá falta!!!

Aparece "Xuruco"!!!

tags:

publicado por felismundo às 17:13
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De emiele a 3 de Junho de 2008 às 09:56
Claro que sim!
«estar vivo exige um esforço muito maior que o simples facto de respirar».
Além da beleza da poesia a força da razão.


De felismundo a 3 de Junho de 2008 às 13:49
Sabia que irias gostar!
Depois, foi uma homenagem, a quem deixou de andar por aqui, há uma data de tempo e que publicava, coisas assim.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds