Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

A MORTE, SAÍU À RUA!

Há dias em que, o impossível acontece.

Sem nada o fazer prever, um grande amigo, o Vitor Carvalho, deixou-nos.

Andava por Angola, tratando da vida, pensando em investir naquele país irmão, quando, subitamente, nos deixou.

Amigo, dos grandes, cumplice em diversas coisas da vida, companheiro de várias andanças culturais, artífice da arte do vitral, ei-lo que parte, assim, sem se despedir de ninguém.

Uma saudade!

Horas depois, novo telefonema e nova notícia, me ensombrava o dia.

Apesar de muito doente, apesar de sabermos que o inevitável, estava para acontecer, nunca estamos preparados.

A D. Maria Teresa, era mais que a mãe da minha cunhada, Ela era a nossa segunda Mãe, tal o apoio e a amizade que a todos dedicava.

Numa das últimas vezes que esteve, nesta sua terra, onde eu agora vivo, tive o privilégio de passear com ela, numa visita que fizemos às plantações de chá do Porto Formoso.

Nesta pequena, mas sentida homenagem, deixo aqui uma fotografia em que, tem por companhia a minha mulher.

 

 

Paz, à sua alma!

 

 


publicado por felismundo às 19:10
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De emiele a 22 de Junho de 2008 às 12:48
Um abraço, amigo!
Nunca se está 'preparado' para essas notícias, mesmo que se saiba ser inevitável.


De felismundo a 22 de Junho de 2008 às 13:04
Obrigado, Amiga!!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds