Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

CERÂMICAS DE RAFAEL BORDALO COELHO, QUE SOLUÇÃO?

Há já uns tempos que esta situação me vem preocupando e hoje, chegou o dia de nela falar.

 

 

O futuro que se avizinha e as voltas que a cultura tem dado no nosso país, vidé o que está a acontecer com o espólio de Fernando Pessoa levam-me a temer o pior, mas, para melhor esclarecimento sugiro que, vejam aqui e reflictam bem neste caso.

Já agora, recordo:

 


publicado por felismundo às 11:37
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De inframodal a 13 de Janeiro de 2009 às 14:23
Pois é, se para salvar o espólio for preciso recorrer aos políticos, estamos feitos. A questão de não se poder produzir em massa faz algum sentido, pois a rentabilidade será escassa, contudo, creio que uma solução ao nível do micro-crédito , para financiar aqueles que a isso se dedicam com amor, para além de ser do meu agrado é também viável economicamente, dadas as verbas envolvidas serem claramente menores e haver quem esteja disposto a tal.


De felismundo a 13 de Janeiro de 2009 às 18:22
Desculpa, utilizar este espaço para outra coisa que não, responder ao teu comentário.
Tinha feito um repto no post anterior, sobre CUBA e como me tinha enganado numa palavra, fui emendar, mas aquilo nunca deu certo. De repente surge-me uma nota a dizer que o nº de comentários àquele post, tinha atingido o limite. Como se eu os tinha apagado?
Assim aproveito, o estar em casa e faço-o aqui, esperando não gastar os 3880 caracteres, que me restam. Era assim:
"-Será que Cuba, é o mal do Mundo?
-Será que tudo o que se faz em Cuba é mau?
É que, eu fui buscar a notícia, ao insuspeitável SAPO, o mesmo que me suporta, e resolvi aqui deixá-la porque, entendi que, num momento como este em que, as crianças, morrem como "tordos", na "terra prometida", era o contraponto ideal.
Mas, os silêncios, talvez tenham a ver com a democracia, que por cá impera..."


De Emiéle a 14 de Janeiro de 2009 às 08:52
Tem de haver uma solução decerto.
Para algumas coisas o certo é que o mecenato dá depois vantagens fiscais, pode ser que por aí, a malta do dinheiro se torne 'patrono das artes'



Quanto ao post debaixo fiquei realmente banzada com os comentários.
Que sensação nos dá ter dois mil e tal comentários?....


De Emiéle a 14 de Janeiro de 2009 às 08:54
Qual dois mil! Sessenta e cinco mil!!!!
Ena, ena!!!


De felismundo a 14 de Janeiro de 2009 às 10:31
Emiéle, não entendo!
Fiz a provocação que aqui deixei e depois, como tinha um erro, resolvi apagá-lo e escrever de novo. Depois, pela segunda vez, aconteceu exactamente o mesmo e, quando fui tentar escrever pela terceira vez, fui impedido, com aquele argumento. De qualquer forma, parece-me um "record", difícil de bater, sou o "maior"!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds