Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

ÀS QUINTAS, GASTRONOMIA!

 Cozido de Grão com Vagens à Alentejana

 

 

 

 

Ingredientes:

Para 4 a 5 pessoas

 

    * 250 g de grão ;

    * 500 g de vagens (feijão verde) ;

    * 250 g de batatas ;

    * 1 fatia de abóbora-menina ;

    * 300 g de carne de borrego para cozer ;

    * 100 g de toucinho ;

    * 1 chouriço de carne (linguiça) ;

    * 1 farinheira ;

    * 200 g de pão caseiro (duro) ;

    * sal ;

    * hortelã

 

Confecção:

 

Põe-se o grão em água e sal durante 12 horas. Passado esse tempo, coze-se.

Numa panela com água suficiente põe-se a carne de borrego, o toucinho, o chouriço, a farinheira, e leva-se ao lume a cozer.

Depois de as carnes estarem cozidas, retiram-se da água. Arranjam-se e lavam-se as vagens, as batatas e a abóbora cortada em bocados. Deitam-se na água em que se cozeram as carnes, assim como o grão escorrido.

Depois de tudo cozido, cortam-se as carnes em bocadinhos.

Dispõem-se no centro de uma travessa o grão, as vagens, as batatas e a abóbora. À volta colocam-se as carnes cortadas.

Cortam-se fatias de pão duro e dispõem-se numa terrina. Espalham-se por cima alguns raminhos de hortelã. Deita-se o caldo a ferver sobre as fatias de pão. Acompanha-se com as carnes, o grão, as vagens, as batatas e a abóbora.


publicado por felismundo às 07:30
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Emiéle a 12 de Fevereiro de 2009 às 08:45
Tenho de voltar a ler isto à hora do almoço!
Eheheheh!!
É que a seguir ao café com leite da manhã, já fiquei cheia.

..............
Gosto imenso deste pratos para 'irem-sendo-feitos-devagarinho'
Assim culinária para fim de semana.
Mas lá que faz água na boca!... :)


De Emiéle a 12 de Fevereiro de 2009 às 08:49
Só mais uma achega: este tipo de cozinha devia ser divulgado pelos dietistas e médicos que se consultam para a obesidade e outras doenças 'da actualidade'. Notem que os produtos são cozidos, e tirando os enchidos (que nem são muitos) não há ali nada muito condimentado.
Só faz é bem!


De felismundo a 12 de Fevereiro de 2009 às 20:09
Primeiro tenho que te agradecer o esforço, ao duvulgares no Pópulo a receita, depois dizer à AB, minha comprovinciana, que pode passar por cá e deixar a sua marca, sem medo do que quer que seja.
De resto, é como dizes, o segredo de uma boa mesa está nos alimentos escolhidos e na simplicidade com que são cozinhados.
Devem ser frescos, devidamente maturados e de preferência, o mais naturais possíveis sem quimicos e outros truques que lhes retiram qualidade. Depois a confecção é mesmo assim sem grandes condimentos, antes fazendo uso das ervas aromáticas e de tempo, para a sua feitura. Por fim comer, e disfrutar o prazer da comida e da companhia, sem pressas nem preocupações.


De inframodal a 12 de Fevereiro de 2009 às 10:32
Muito, muito bom!


De felismundo a 12 de Fevereiro de 2009 às 20:12
Agora, com o pézinho doente, até fazia bem, não era?
Pois, mas sei que por aí, também não andas mal, por esse lado.


De inframodal a 13 de Fevereiro de 2009 às 10:08
Só p'ra corrigir: Não é pezinho é tendãozinho... Quanto à comida, tudo quanto é bom faz bem... quanto mais não seja ao espírito da gente!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds