Domingo, 30 de Abril de 2006

Na Feira...

Pois é, foi na feira de Beja que ele falou.
Falou e disse que o governo se tinha que entender com os agricultores e que iria interceder para que isso acontecesse.
Devo esclarecer que os agricultores de que Cavaco fala, são os "agrários" de má memória, de antes do 25 de Abril, sim porque os Barretos e Portas, em devido tempo, acabaram com a hipotese de Reforma Agrária, e então, foi um, fartar vilanagem.
Não gosto do Sócrates nem do seu governo, mas tiro o meu chapéu, a um ministro de nome Jaime Silva, que se tem esforçado por colocar alguma ordem na distribuição de dinheiros, que até agora têm sido atribuídos de forma indisciminada e descontrolada.
O presidente, se quer ser de todos, que tenha calma pois está no início e não ganha nada com estas atitudes.
Sugiro ao ministro Jaime Silva que divulgue os nomes daqueles que têm recebido indevidamente subsídios, ou entrando em estratagemas menos licitos.
Nós, o Povo, ficar-lhe-iamos eternamente gratos.
Era uma boa prenda para o 1º DE MAIO, daqueles que carregam nos ombros a responsabilidade de PAGAR, neste país.

publicado por felismundo às 17:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 29 de Abril de 2006

ADIVINHA

O direito à indignação leva-me hoje a transcrever um conto de Mário-Henrique Leiria do seu: Contos do Gin-Tónico, e fazer dele uma adivinha.

HISTÓRIA EXEMPLAR

"Entrei.
- Tire o chapéu - disse o Senhor Director.
Tirei o chapéu.
- Sente-se - Determinou o Senhor Director.
Sentei-me.
- O que deseja? - Investigou o Senhor Director.
Levantei-me, pus o chapéu e dei duas latadas no Senhor Director.
Saí."

Transposto para os dias de hoje, pergunto:
- Quem é o Director?

publicado por felismundo às 10:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 28 de Abril de 2006

RECORDAÇÕES

Estes dias trazem-me sempre o que de melhor já vivi.
Moçambique é sem dúvida uma das passagens da vida, que trago em permanência no meu coração.
Porque foi nestes dias que tudo se tornou claro, deixo-vos com um poema, publicado na Antologia Breve da Poesia Revolucionária de Moçambique - "AS ARMAS ESTÃO ACESAS NAS NOSSAS MÃOS"

IRMÃO DO OCIDENTE

Irmão do ocidente...
(como explicar-te que és nosso irmão?)
O mundo não acaba à porta de tua casa
nem no rio que limita o teu país
nem no mar
em cuja vastidão às vezes pensas teres descoberto
o sentido do infinito
para além da tua porta para além
do mar
o grande combate continua
homens de olhar quente e mãos
duras como a terra
à noite abraçam os seus filos
E partem ao nascer do sol
muitos não voltaram. Que importa!
Somos homens cansados de algemas
Para nós a liberdade
vale mais do que a vida
de ti, irmão, nós esperamos,
não a mão caridosa
que humilha e mistifica
mas a mão solidária,
cometida, consciente.
Como podes recusar,
Irmão do Ocidente?

FRELIMO - 1973

publicado por felismundo às 17:00
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Abril de 2006

O Sorriso, a Lua e as Criptomérias

ag_TELEFILME2.jpg

José Medeiros, estará amanhã, 28 de Abril de 2006, na Casa dos Açores, em Lisboa, onde às 21h30, será apresentado o telefilme, de sua autoria, O Sorriso da Lua nas Criptomérias.

Dia 30, será a apresentação, na Casa dos Açores do Norte, na cidade do Porto, pelas 22h00, também com a presença do autor.

O périplo, pelas Casas doa Açores do continente, terminará no dia 3 de Maio, em Faro, na Casa dos Açores no Algarve, ainda em local e hora a indicar, ainda e sempre com a presença do Zeca Medeiros.

As sessões são abertas a todos, aqui fica o convite.

publicado por felismundo às 12:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 25 de Abril de 2006

Hoje, é o primeiro dia!

Socorro-me de José Carlos de Vasconcelos, para evocar o dia que nos trouxe a LIBERDADE.

Este é o primeiro dia
Agora, todo o tempo é nosso!

VIVA O 25 DE ABRIL!

publicado por felismundo às 10:33
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Abril de 2006

...

autocolante.jpg

Um dos males da nossa democracia é que ainda há alguns que pensam ser donos do Movimento Revolucionário.
Não, não há donos, há intervenientes, e todos têm a sua quota parte nos êxitos e nos inêxitos acontecidos.
Aqui fica mais um testemunho dum Abril que acontece a toda a hora!

publicado por felismundo às 16:03
link do post | comentar | favorito

Às vezes...acontece.

Acabei de me reconciliar com o Herman José.
Foi de um altíssimo valor o que, esta noite passou na SIC.
Viva o Batista-Bastos, o Francisco Zambujal, o Paulo de Carvalho, a Gilda, o Diogo Infante etodos os demais convidados e residentes do Herman Sic.
Valeu a pena.

publicado por felismundo às 00:50
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Abril de 2006

COMEMORAÇÕES DE ABRIL

Zeca M1.jpg

CRAVOS EM COMPOSTELA ( A festa galega do 25 de Abril)

Sim também na Galiza se comemora o 25 de Abril, e assim não resisto a transcrever:

"É xa tradicional celebrar o 25 de Abril na cidade de Santiago de Compostela. Um grupo de persoas xuntámonos nas Crechas para lembrar aquela data arredor das músicas máis emblemáticas daqueles tempos. Este ano contamos coa colaboración da Sala Nasa para permitir un maior aforo e participación. Pero non é unha celebración nostálxica porque pensamos que ainda hoxe está vixente para nós o espíritu daquela fermosa revolución e consideramos que é unha maneira de facer patente a simpatía e a proximidade con Portugal. Este ano temos a inmensa sorte de poder contar con Zeca Medeiros (Açores) que traerá das súas illas todo o sabor da cultura atlántica e as súas máis recentes composicións. Tamén contaremos cunha das voces máis fermosas de Galiza e unha presoa ligada á Casa das Crechas: Uxia Senlle.
A festa seguirá coa Banda das Crechas que convidará a distintos artistas de Galiza e Portugal e rematará coa interpretación da todos oa participantes de "Grândola Vila Morena".
MARTES, 25 DE ABRIL ás 22:00 na SALA NASA Entrada: 8 Euros"

Que mais dizer?
Se puder, vou!

publicado por felismundo às 12:11
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Abril de 2006

Mês de Abril

Ontem, reencontrei-me com o José Mário Branco.
Foi em Faro, no Teatro Lethes, uma jóia de sala, onde esse diamante, que é o Zé Mário, perante uma assistência total, nos reconduzio aos "Caminhos de Abril".
Foi gratificante participar nesta Jornada de Luta.
Num país que tende a esquecer, porque, para quem dirige já tudo está feito, cabe-nos a nós, explorados, demonstrar, dia a dia, hora a hora, que não é assim, que nada está feito, que a direita está no poder, mascarada de socialista, mas que é direita.
E se algém duvida, é ver e ouvir e cruzar, as palavras do ministro António Costa, com as do deputado António Costa há dezassete anos atráz, quando da luta dos "Secos e Molhados".

publicado por felismundo às 11:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 20 de Abril de 2006

25 de ABRIL

25Abril-Povo-Voto.jpg

A minha contribuição.

publicado por felismundo às 16:36
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds