Domingo, 30 de Setembro de 2007

POESIA

Acores 2004 (102).JPG

Enquanto por cá, o tempo está fechado, chove e apetece estar em casa, lá pelos Açores, agora que se comemoram os cinquenta anos da erupção do Vulcão dos Capelinhos, o tempo está bom, de forma que aqui deixo esta imagem.
Mas como eu, estou por cá, no meu Algarve, nada melhor que António Ramos Rosa, para me fazer companhia e partilhar com a blogosfera.

Não posso adiar o amor para outro século
não posso
ainda que o grito sufoque na garganta
ainda que o ódio estale e crepite e arda
sob montanhas cinzentas
e montanhas cinzentas

Não posso adiar este abraço
que é uma arma de dois gumes
amor e ódio

Não posso adiar
ainda que a noite pese séculos sobre as costas
e a aurora indecisa demore
não posso adiar para outro século a minha vida
nem o meu amor
nem o meu grito de libertação

Não posso adiar o coração

publicado por felismundo às 17:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Mais um ano.

Em 28 de Setembro de 1980, nascia a minha filha.
Hoje é um dia muito especial, para nós e para ela.
Assiná-lo aqui, na Sesta. a efeméride, desejando-lhe as maiores felicidades, do mundo.

ana.JPG

publicado por felismundo às 23:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

VULCÃO DOS CAPELINHOS

capelinhos03.jpg

Foi Há cinquenta anos que se deu a erupção do Vulcão dos Capelinhos.
A data do aniversário, foi ontem mas como houve muita informação sobre o assunto, decidi que só hoje, diria alguma coisa, para assinalar o facto. Pois bem, o vucão acordou, esteve treze meses acordado e depois deitou-se numa SESTA, que ainda hoje, passados cinquenta anos, dura. Melhor propaganda, dos benefícios da sesta, não se podia exigir e este blog, cuja primeira razão é a dita, não podia deixar de aproveitar a oportunidade.

publicado por felismundo às 16:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 23 de Setembro de 2007

Marcel Marceau

images.jpg

Deixou, hoje, o mundo dos vivos, o ícone da mímica, Marcel Marceau.
Nascido em Estraburgo, no leste de França, há 84 anos, Marceau fez o público dar gargalhadas e lacrimejar, durante décadas, mediante a ua arte silenciosa e eternizou a célebre personagem "Bip", criada em 1947, na qual lembrava Charlie Chaplin.
Segundo ele, " a mímica, assim como a música, não conhece fronteiras nem nacionalidades. Se a gargalhada e as lágrimas são caracteristicas da humanidade, todas as culturas estão mergulhadas, da nossa disciplina".
Reconhecido pela sua versatilidade teatral, foi nomeado Embaixador da Boa Vontade das Nações Unidas para o Envelhecimento.
O Teatro, fica mais pobre e nós também.

publicado por felismundo às 13:12
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 22 de Setembro de 2007

Porque hoje, é Sábado!

Depois de uma pesquisa aturada, descobri este banco, ideal para o sexo masculino, dada a comodidade que apresenta.
Achei por bem divulgá-lo, para que a industria o aproveite, e se torne um sucesso.


banqueta.jpg
Nota: Pode e deve ser feito, à medida do cliente.

publicado por felismundo às 09:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

ESTOU FELIZ!

felicidade.jpg

Vão desculpar-me, mas tenho que dizer: Estou muito feliz!
E feliz, porquê?
Bom, acabei de saber que a minha saúde vai bem, e isso é razão, mais que suficiente, para eu me sentir como me sinto. De resto éuma situação extensível a toda a família e amigos.
Já vou sendo considerado um caso de sucesso, apesar de saber que será sempre um sucesso temporário, pois se assim não fôr, passará a ser um "study case".
Cá estou eu de volta, com uma alma nova e pronto para mais uma etapa, que isto da "vida", é uma prova por etapas.

publicado por felismundo às 20:17
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 13 de Setembro de 2007

Coisas do dia a dia

frangeria.jpg

Hoje, fui ao supermercado Pingo Doçe e comprei um frango. Tudo muito bem embalado, a vácuo, cumprindo todas as normas exigidas, pelo menos, até aqui. O dito, constava na embalagem, era com miúdos.
Chegado a casa, resolvi tratar do bicho, a fim de o cozinhar para o jantar. Retirei de dentro da carcaça, um pacotinho de plástico, contendo os miúdos. Abri-o, e qual não foi o meu espanto, vi-me perante um milagre da natureza: "O frango, tinha dois pescoços!"
Chamo a atenção para a ASAE, para esta situação, merecedora de inspecção, porque representa um logro, gerdor de lucros imerecidos.
Esta situação lembrou-me uma outra, passada há já bastante tempo, quando eu, fiz o meu primeiro serviço, na vida militar, no Regimento de Cavalaria nº 3. Desempenhava o meu papel de Oficial de Prevenção, tendo como Oficial de Dia, um experiente Capitão de Cavalaria, de nome Viriato Manoel d'Assa Castel-Branco. À hora da fiscalização do rancho, dirigimo-nos à cozinha, para conferir os géneros. Deparou-se-nos um cenário semelhante, só que elevado a um expoente, muito mais elevado. Assim, e resumindo, apresentavam-se à inspecção, frangos com vários pescoços e asas, quanto a pernas, essas tinham voado.
Perante tal cenário o referido oficial, teve uma solução magnífica e que me ficou para sempre, no sentido. Mandou chamar os responsáveis, pediu-lhes para contarem as carcaças, os pescoços e as asas, feita a contagem, mandou que fossem repostas as carcaças e as patas, em falta. Resultado, nunca vi os soldados comerem tanto e com tanta qualidade, fez-se justiça.

publicado por felismundo às 18:08
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

A Razão dos Porquês

Resolvi quebrar o silêncio a que me tinha remetido e a razão é bem simples, estou feliz.
Depois de uma estadia, mais ou menos longa, nos Açores, regressei ao continente, por motivos pessoais. Tinha-me imposto um silêncio momentâneo, que depois do que ontem vi e ouvi, não podia continuar.

cartazjpgmiguelmartins-1.jpg

Depois de na semana passada ter visto e ouvido, sons de Guitarra Portuguesa, nas mãos de um ilustre desconhecido, chamado José Alegre, a quem teço os meus maiores elogios, e visto e ouvido cantar uma, mais uma, linda voz, a da Ana Fonseca, interpretar canções/fados, de alguns dos melhores autores portugueses, tive ontem o prazer de ouvir este Trio, composto de Guitarra Electrica, Contra-Baixo e Bateria, tratados pelas mão do Miguel Martins, Carlos Barreto e Alexandre Frazão.
Foi uma noite bonita, que trouxe a Faro, três dos melhores interpretes da Música de Jazz, nacional.
Está de parabéns o Arcádia Bar, pela coragem demonstrada em querer mudar o panorama da noite farense, introduzindo-lhe a pitada de cultura, que faltava. Está de parabéns a Música, em geral e a de Jazz, em particular, que sabe poder contar com um espaço de divulgação e fruição, disposto a prosseguir este esforço, e por fim, todos nós, que gostamos de música, pela grandeza, que tudo isto encerra.
Por tudo isso, estou feliz!
Por tudo isto, quebrei o meu silêncio!

publicado por felismundo às 10:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 8 de Setembro de 2007

NAS TEIAS DA VIDA

P5120034.gif
Por mais que queira, não consigo deixar de estar enredado nesta teia.
Aguardo com alguma espectativa, a revelação da verdade, que me trás condicionado e sem vontade de aqui escrever.
Brevemente voltarei ao vosso contacto, por agora, perdoem-me o silêncio, mas ele, é de ouro.

publicado por felismundo às 12:25
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

Era uma Surpresa

Queria eu, hoje, fazer uma surpresa que me saíu furada porque a bateria do computador, acabou.
Era uma surpresa e, para mim, uma aventura, senão vejam só: Fazer a publicação dum post, que seria este, mas em tempo real e de bordo do Alfa Pendular, que me trouxe de Lisboa para o Algarve.
A bateria acabou e, só agora me foi possível, já em casa e ligado à corrente, fazer o que me tinha proposto.
Aqui vai a prova, eu a bordo do combóio. Já agora uma informação a vista do Tejo, de Lisboa e da Outra Margem, é uma coisa do outro Mundo.

Photo 6.jpg

publicado por felismundo às 00:46
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds