Domingo, 31 de Janeiro de 2010

MÚSICAS AO DOMINGO

 Para os que não estiveram, apesar de serem ou habitarem em Lisboa e para todos os que lá não vivem.

 

 

 

música: Carmina Burana

publicado por felismundo às 10:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 30 de Janeiro de 2010

SÁBADO, BAILADO

 Como na noite de sexta, tive o privilégio de o ver por cá, no Teatro Micaelense, nada melhor que disso dar notícia, aproveitando este vídeo da SIC, quando da estadia deste Ballet em Lisboa, a 23 de Dezembro, último.

 

 


publicado por felismundo às 08:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

CESTAS DE POESIA


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mario Benedetti nasceu em 1920 em Tacuarembó, Uruguai. Em 1960, com a publicação de La tregua, alcança reconhecimento internacional, com mais de uma centena de edições traduzidas em 19 idiomas e levada ao cinema, ao teatro, ao rádio e à televisão. Em 1973 teve que abandonar o seu país por razões políticas; viveu na Argentina, em Cuba, no Peru e em Espanha. A sua vasta produção literária abrange todos os géneros, incluindo famosas letras de canções. A poesia de Benedetti renova a linguagem dos sentimentos, diz com uma voz original aquilo que todos sentimos.

Mario Benedetti faleceu aos 88 anos em Montevideo, no dia 18 de Outubro de 2009

 

 


publicado por felismundo às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

ÀS QUINTAS, GASTRONOMIA!

Volto com esta rubrica e com a Cozinha Tradicional dos Açores.

 

Nada melhor que um CALDO DE PEIXE e, para isso é na Ilha do Pico que ele se nos apresenta como um dos mais requintados e apreciados de todo o arquipélago.

 

Cá vai:

 

 

Caldo de Peixe

caldodepeixefc9

AREIA LARGA – PICO


Ingredientes:
Para 20 pessoas

* 6 a 8 kg de peixe de pelo menos 4 espécies (bicuda, sargo, muge, roucas, garoupa, lírio, etc.) ;
* 1 ramo de salsa ;
* 3 folhas de louro ;
* 1 kg de tomate ;
* 7 a 8 cebolas ;
* 10 baga de pimenta-da-jamaica (pau de cravo) ;
* 4 dl de vinho branco ;
* 3 colheres de massa de malagueta ;
* açaflor (açafrão) ;
* vinagre ;
* 1 kg de batatas ;
* 2,5 dl de azeite ;
* sal
* Para o molho cru:
* 1 molho de salsa (muito grande) ;
* 8 a 10 cabeças de alho (com a pele roxa) ;
* 3 colheres de sopa de sal grosso (aprox.) ;
* açaflor ;
* vinagre


Confecção:

Corta-se o peixe em postas grossas e leva-se a cozer em lume brando num tacho com água, a salsa, o louro, o tomate e as cebolas cortadas aos quartos, a pimenta-da-jamaica, o vinho branco, a massa de malagueta, açaflor, vinagre e sal a gosto, o azeite e as batatas cortadas ás rodelas grossas.
À parte cozem-se batatas inteiras descascadas (uma por pessoa).
Num almofariz pisa-se a salsa com os dentes de alho (sem tirar a pele roxa), o sal grosso, açaflor e um pouco de vinagre. Estando tudo em papa, junta-se um pouco de água simples, batendo. Rectifica-se o paladar.
Para servir, põe-se o tacho na mesa e tira-se o peixe para uma travessa. Em cada prato coloca-se um bocadinho de peixe de cada espécie e uma batata inteira. Rega-se com o molho cru (verde). Ao mesmo tempo, serve-se o caldo em tigelas deitando em cada uma colher de molho cru. Come-se o peixe e a batata a mesmo tempo que se vão bebendo golinhos de caldo.

Variante: Há quem junte cominhos no caldo ou no molho. Em Madalena deitam vinho no caldo em vez de molho cru.

 

fonte: Editorial Verbo


publicado por felismundo às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

PONTA DELGADA - FARO

Vale sempre a pena falar nos assuntos.

Aplicando o velho ditado: "ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA, TANTO DÁ ATÉ QUE FURA!", fui por aqui e noutros lugares, falando nesta ligação aérea ontem saíu, ESTA NOTÍCIA .

A ser assim, abrem-se novas oportunidades e, no meu caso concreto, tenho a vida um pouco mais facilitada.

Espero que resulte, para bem de TODOS!!!


publicado por felismundo às 13:30
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

21 DE JANEIRO

 

Hoje, não escrevo nada!

Fico aqui, pela minha rua, à espera dos meus amigos e familiares para comemorarmos a passagem de mais um ano.

É bom fazermos anos, faz-nos bem!!!

Apareção!!!


publicado por felismundo às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Domingo, 17 de Janeiro de 2010

OS 15 ANOS DA MORTE DE MIGUEL TORGA

Fico feliz, quando constacto que há quem faça um jornalismo inteligente.

Quando esse jornalismo é dedicado à CULTURA, ainda mais.

Essa é a razão deste escrito de Domingo que, sem mais palavras vos indico.

Comprovem AQUI!


publicado por felismundo às 11:10
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

MÚSICAS AO DOMINGO

Há dias em que a imaginação, não ajuda.

No entanto há amigos, que nos dão ideias e que nos ajudam a ultrapassar estes momentos críticos.

Hoje, é um desses dias. A situação de catástrofe que se vive, não só no Haiti, mas um pouco por todo o Mundo, parece que houve outro terramoto no Irão, as chuvas, derrocadas e demais desgraças, não nos deram tréguas logo, uma mão amiga apareceu e me deu o mote para publicar uma música, neste dia 17. Foi o  CARNE CRUA , a quem desde já endereço os meus agradecimentos, quer pela qualidade da música, como pela originalidade do vídeo.

 

 

 


publicado por felismundo às 09:50
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

DE FARO A SANTA MARIA

 Tinha, ontem visto a capa do DIÁRIO DOS AÇORES, que mostrava a indignação do presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, pelo que se passou com duas crianças que faziam a viagem entre Faro e S.ta Maria. 

Espero que se investigue e se apurem as responsabilidades, dos envolvidos e que este episódio sirva para que se estabeleçam voos que liguem o Algarve aos Açores, sem ter que fazer escala em Lisboa.

Deixo-vos um vídeo em que a mãe das crianças, espelha toda a sua indignação pelo sucedido.

 

 

sinto-me:

publicado por felismundo às 14:58
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

CESTAS DE POESIA

De José Régio, sem mais quaisquer palavras:

 

Cântico Negro

"Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos doces
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "Vem por aqui!"
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali...
A minha glória é esta:
Criar desumanidades!
Não acompanhar ninguém.
— Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
Com que rasguei o ventre à minha mãe
Não, não vou por aí! Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...
Se ao que busco saber nenhum de vós responde
Por que me repetis: "Vem por aqui!"?

Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redemoinhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...
Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.

Como, pois, sereis vós
Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...
Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,
Amo os abismos, as torrentes, os desertos...

Ide! Tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátria, tendes tetos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...
Eu tenho a minha Loucura !
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...
Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém!
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principio nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "Vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou,
É uma onda que se alevantou,
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
Sei que não vou por aí!

 

http://www.marataizes.com.br/noticias/imagens/img_noticias/b004f31016b54a4441cb7d3cc6b8ff9a.jpg


publicado por felismundo às 11:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds