Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

ÀS QUINTAS, GASTRONOMIA!

ADEGA DO ISAÍAS - ESTREMOZ

 

O que hoje aqui deixo, constitui uma pequena homenagem a um amigo, o "Isaías Parreira" e ao espaço gastronómico que herdou do seu pai o inesquecível "Zé da Glória", e que o soube colocar no mapa gastronómico nacional e internacional.

 

 

BURRAS DE PORCO ASSADAS

 

Ingredientes

1 cabeça de porco

1 litro de vinho branco (madura)

10 dentes de alho

300 gr. de banha

6 cravinhos da índia

Sal

Pimenta

 

Preparação

 

Tire a pele da cabeça de porco e destaque os maxilares inferiores.

Descasque os alhos e esmague-os com um pouco de banha, sal grosso, cravinho e pimenta, até conseguir uma papa. Com esta papa barre muito bem os maxilares do animal e regue com um bocadinho de vinho branco. Deixe-a repousar cerca de 6 horas, nesta marinada, a tomar gosto aos temperos. Passado o tempo, coloque-os numa assadeira e leve-os a assar, em lume brando, com a restante banha e restante vinho. De vez em quando regue-os com o molho formado. Quando estiverem assados, sirva.


publicado por felismundo às 11:20
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De Maria a 30 de Abril de 2009 às 15:07
Esses espaços e "comeres" alentejanos são de antologia!
Preservá-los "é preciso"....


De felismundo a 30 de Abril de 2009 às 22:12
É, sem dúvida, um espaço fenomenal. O ambiente é belíssimo e, quando não há uma grande pressão sobre a cozinha, as coisas saiem com mais qualidade, o que é natural. O Isaías, perdeu contudo um grande cozinheiro, dado que se reformou. Refiro-me ao Valério, que era a espinha dorsal daquela taberna. É de todo o merecimento, recordá-lo aqui.


De inframodal a 30 de Abril de 2009 às 16:03
A não perder! A adega e respectivo recheio, claro está.
Ah... e sempre tudo muito bem regado!


De felismundo a 30 de Abril de 2009 às 22:13
Fala quem sabe e conhece.


De saltapocinhas a 30 de Abril de 2009 às 23:15
em vez de experimentar fazer a receita, o melhor é pôr o restaurante na minha lista de "a visitar"!!
e então sendo alentejano, mhammm!!


De felismundo a 1 de Maio de 2009 às 12:46
Um grande abraço à "raposinha"!
Aconselho-te a ires, de preferência fora de festas, assim num dia, "a modos que", normal.


De Emiéle a 1 de Maio de 2009 às 09:52
Esta é mais para guardar, como muito bem disse Maria, num espaço de «recordações». Cá em casa não me estou a imaginar a cozinhar uma cabeça de porco...

Mas esta tua secção anda formidável!


De felismundo a 1 de Maio de 2009 às 12:51
Como é que tiveste tempo de passar por cá, hoje?
Já te julgava no remanso do teu poiso de "aldeia".
Que passes uns dias de repouso completo, sabendo eu que o "Pópulo", nos vai continuar a acompanhar.
Quanto à gastronomias, é tão rico o nosso cardápio, que, às vezes, tenho dificuldade em escolher..., mas a preocupação de fidelidade, vou tentar manter, porque necessário!


De zegarr a 2 de Maio de 2009 às 20:06
Sabes, não conheço com o novo visual, mas só de
falar no nome, sinto o cheiro e o sabor dos outros
tempos.


De felismundo a 3 de Maio de 2009 às 17:02
Mas tu e eu, naquela altura, eramos mais do "CARLOS"!!!
Outros tempos!!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds