Terça-feira, 16 de Junho de 2009

MARIA, AGORA SIM!

Isto de ter amigos, tem destas coisas.

A Maria, que costuma honrar-me com os seus comentários, deixou-me um link, que acrescenta, alguma mais valia à notícia da oferta do espólio de Jorge de Sena.

Para que todos possam ter acesso, mais rápido,AQUI, vo-lo deixo, com um grande agradecimento, à Maria.


publicado por felismundo às 22:24
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Emiéle a 17 de Junho de 2009 às 07:54
Quando se trata de espólios de escritores, o Estado devia ter sempre direito de preferência, esse caso do Pessoa é impressionante apesar de se entender em parte pelo tempo que levou.
Mas a verdade é que até para a sua família a longo prazo dá outro conforto.
Tive um familiar que também foi escritor entre muitas e interessantes coisas, e hoje em dia - tirando os livros editados que possuímos - não há uma visão da sua obra em conjunto, o que podia ter sido evitado se tudo estivesse reunido na Biblioteca Nacional.


De felismundo a 18 de Junho de 2009 às 12:37
Tens razão, mas os livros, desse teu familiar, se estão publicados, estão certamente na BN, ou não?
Faltará agora, haver alguém que se lembre de o estudar e de o relacionar com os outros da sua época e de assim o situar e lhe dar a visibilidade que, certamente, merecerá.


De Emiéle a 18 de Junho de 2009 às 14:13
Claro, a obra publicada está lá. E já tem alguns estudos também, ainda há uns anos fizerem uma tese sobre a sua obra e vida. Mas quando pensei em «espólio» estava a pensar de um modo mais abrangente, muita coisa que não foi publicada e hoje nem sei onde pára, a enorme biblioteca com dezenas de obras autografadas pelos autores e alguns autógrafos muito originais, muita coisa que eu cheguei a ver e hoje anda para aí meio ou totalmente perdida. Se tudo isso tivesse sido doado a qualquer instituição estaria preservado.
Eu fiz isso com a biblioteca do meu pai: doei-a à Câmara da cidade onde ele morreu e hoje está lá uma sala com o seu nome. Consola-me saber isso.


De felismundo a 18 de Junho de 2009 às 16:05
É, realmente, uma grande pena a perda desses exemplares quase sempre primeiras edições que eram trocados pelos autores com dedicatórias/autógrafos, que são verdadeiras obras de arte.
Ao longo dos tempos, muita coisa se perdeu, assim. Há contudo a esperança, vã, de que tenham sido encontrados por pessoas com "sensibilidade e bom senso", que os façam circular nesse circuito paralelo dos alfarrabistas.
Gostaria, se possível, de saber mais promenores da biblioteca do teu pai e também desse teu familiar.


De Maria a 17 de Junho de 2009 às 10:27
Ena, o meu nome teve a honra de "título" e citação no teu blogue!!!!
José Palmeiro, a amizade, mesmo virtual, é um bem muito caro e gosto imenso de ser útil, sobretudo sabendo do esforço e da generosidade com que te empenhas nas tuas publicações.
Um bom dia para ti!

Foi detectado 1 erro sintáctico.


De felismundo a 18 de Junho de 2009 às 15:58
Maria, nada mais merecido.
Só tentei evidenciar, o que tu querias dizer. Ainda o tentei fazer no teu comentário mas, como não consegui, resolvi-me por este caminho.
Diz-me: Onde está o erro sintáctico que detectaste?


De Maria a 18 de Junho de 2009 às 21:17
O erro será, sempre, do meu texto porque, escrevi no "Word" o comentário e fiz copiar e colei aqui , não sei porque seguiu assim...
Basta ter dois pontos de exclamação e coisas assim, agora só lendo o meu comentário.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds