Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

ÀS QUINTAS, GASTRONOMIA!

Hoje, deixo à vossa imaginação o prato a confecçionar.

Deixo-vos, isso sim a Nova Roda dos Alimentos, para que constactem a validade do que até aqui, tenho sugerido.

 


 

Conheça o que mudou na nova Roda dos Alimentos e aprenda a comer de uma forma mais variada, equilibrada e completa.

A Roda dos Alimentos é um instrumento de educação alimentar destinado à população em geral. Esta representação gráfica foi concebida para orientar as escolhas e combinações alimentares que devem fazer parte de um dia alimentar saudável.

Utilizada desde 1977, como parte da Campanha de Educação Alimentar “Saber comer é saber viver”, a Roda dos Alimentos sofreu recentemente uma reestruturação, motivada pela evolução dos conhecimentos científicos e pelas alterações nos hábitos alimentares portugueses.

Mantendo o formato circular original, associado ao prato vulgarmente utilizado às refeições, a nova versão subdivide alguns dos anteriores grupos e estabelece porções diárias equivalentes, para além de incluir a água no centro desta nova representação gráfica.

A nova Roda dos Alimentos é composta por sete grupos, com funções e características nutricionais específicas:

Cereais e derivados, tubérculos – 28%
Hortícolas – 23%
Fruta – 20%
Lacticínios – 18%
Carne, pescado e ovos – 5%
Leguminosas – 4%
Gorduras e óleos – 2%
Dentro de cada divisão estão reunidos alimentos nutricionalmente semelhantes entre si, para que possam ser regularmente substituídos, assegurando a variedade nutricional e alimentar.

No site da Direcção-Geral da Saúde estão disponíveis mais informações sobre a roda dos alimentos e outras informações sobre alimentação, tais como: as recomendações nutricionais e alimentares para a população portuguesa, princípios para uma alimentação saudável, como diminuir o consumo de gordura, açúcar e sal, e como aumentar o consumo de hortaliças, legumes e frutos.

 



 

NOTA: in, gastronomias.com


publicado por felismundo às 11:45
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Maria a 16 de Julho de 2009 às 14:08
Faço o possível por ter em atenção essa nova roda de alimentos, embora use mais leguminosas e hortícolas em vez de batata, seja na sopa ou como acompanhamento.
Ao visitar a ligação que deixaste - Portal da Saúde - fiquei a saber que só em 2005 é que se deixou de receitar flúor às crianças, por acaso o meu filho mais novo, nasceu em 1991, já não tomou flúor ; talvez pela a água da minha região ter muito flúor o que faz algumas crianças terem manchas brancas nos dentes, dizia-me o médico na altura.
Cada vez mais temos que estar atentos a essas evoluções,
claro, sem exageros e com bom senso, digo eu.


De felismundo a 17 de Julho de 2009 às 11:09
Ora bem, tens toda a razão. O bom senso é a medida certa para todas as nossas atitudes.
Quanto ás alterações, às vezes são tão antagónicas com o que era hábito que dá para desconfiar se serão assim tão benéficas e aqui, o bom senso e o não cometimento de exageros, são essenciais.


De Emiéle a 17 de Julho de 2009 às 08:24
Uma das coisas curiosas desta «nova» roda dos alimentos é o facto de integrar a água (e no centro!)
As antigas nem falavam nisso, talvez por ser óbvio.

Quanto ao flúor, tem graça que, pelo contrário, o meu filhote foi dos primeiros a tomar. Na altura as pastilhinhas vinham nuns tubos que mandava-se vir da Suíça!!! Por acaso tem uns dentes formidáveis, mas nem sei se não será genético que a minha mãe morreu com 80 e tal anos com os dentes todos e fortes!


De felismundo a 17 de Julho de 2009 às 11:11
Os meus, só a partir do segundo, o fluor passou a ser rotina mas, e talvez por essa falta, o primeiro, tem uns dentes muito maus, isto apesar de ser tratado com assiduidade, mas são de má qualidade.


De AB a 17 de Julho de 2009 às 09:36
A concepção gráfica da roda dos alimentos de 77 é do Zé Paulo Simões ,ilustrador de quem já aqui tenho falado e recentemente desaparecido.A campanha,em si.foi criada e desenvolvida pelo "nosso"grupo criativo numa agencia nacional que tb. já não existe.Aliás como outras tais como a "TEMOS QUE VIVER COM AQUILO QUE TEMOS"que deu origem ao celebre discurso do Soares na chamada "Campanha de austeridade".AB


De felismundo a 17 de Julho de 2009 às 11:16
Saúdo-te amiga, pelo regresso. É sempre bom ter-te, na nossa companhia.
Excelente informação, tal como a recordação do Zé Paulo Simões, autor da RODA que aqui publiquei. O seu a seu dono!
Quanto à campanha a que te referes, está na hora do Sócrates a revisitar.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds