Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

ÀS QUINTAS, GASTRONOMIA!

O tempo vai quente e apetece pescar.

Vamos oferecer uma dica para uma Caldeirada de Peixe do Rio, feita à moda de MORA.

Ora experimentem lá:

 

Caldeirada de Peixe do Rio à moda de Mora


Ingredientes:

  • 750g de peixe do rio previamente preparado,
  • 2 cebolas,
  • 6 dentes de alho,
  • 4 tomates, louro,
  • 1 pimento verde,
  • 1 ramo de salsa,
  • 1 ramo de hortelã da ribeira,
  • 1 ramo de oregãos,
  • sal,
  • azeite,
  • batatas,
  • água.


Preparação:

Descascar as batatas às rodelas e cortar as cebolas e os alhos; cortar o pimento às tiras e pelar os tomates. Num tacho, deitar uma camada de batatas, cebola, alho, salsa, peixe, cebola, alho, pimento, tomate, louro, salsa, sal e azeite e assim sucessivamente. A última camada leva os oregãos, a hortelã da ribeira, o vinho e água até mais ou menos meio da panela. Tapar bem e deixar cozer entre 15 a 20 m, após abrir fervura.

 

http://files.nireblog.com/blogs/ilhaculatra/files/067.jpg


publicado por felismundo às 18:57
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De inframodal a 15 de Agosto de 2009 às 18:40
Nunca comi, julgo... mas presumo que bom, tal como a terra, Mora. Só lá estive uma vez mas não tem nada que enganar... puro Alentejo.

Peixe do rio. E donde é que havera de ser...!?


De felismundo a 16 de Agosto de 2009 às 22:12
Sim é mesmo Alentejo e tem o maior "FLUVIÁRIO" da Europa, onde poderás ver toda a fauna que povoam os nossos rios.
Quanto à caldeirada, é divinal!


De emiéle a 16 de Agosto de 2009 às 09:45
E se não for do rio?... Deve dar na mesma.
É que a ideia da caldeirada é muito boa para uma casa onde não se aprecia muito o peixe (excepto eu!) mas há queixas de que eles têm espinhas... e os do rio parece-me que ainda têm mais!

De qualquer modo vou aproveitar a ideia da caldeirada! Para ver se esta gente começa a comer peixe.
:)


De felismundo a 17 de Agosto de 2009 às 13:01
Esse drama do "peixe com espinhas", passou por todos nós, depois, também foi criada a ideia de que "peixe, não puxa carroça" e, por aí fora.
Quanto ao peixe ser do rio ou do mar, em termos de caldeirada, prato, dará na mesma, mas os sabores são diferentes, isso, sem qualquer dúvida. Depois há o ambiente, que nunca é o mesmo. Ser à beira mar ou no mais recondito interior....
Lembro-me de duas "caldeiradas" que me ficaram na memória: Uma, de peixe do mar, em Buarcos e a outra de peixe do rio, em Monsaraz, será de entender algumas diferenças se bem que, qualquer delas, estava sensacional.
Vamos lá mais é, comer peixe!!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds