Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

ÀS QUINTAS, GASTRONOMIA!

Hoje, atrevo-me a publicar uma receita de comida afrodisíaca.

Para além dessa particularidade o que mais me agradou foi o seu componente principal, as urtigas, neste momento de crise, há que saber aproveitar as benesses que a natureza nos dá.

 

 

http://depts.washington.edu/propplnt/Plants/Urtica%20dioica_files/image004.jpg

 

 

 

 


Sopa de Urtigas
Comida Saudável

Ingredientes:

  • 2 molhos de urtigasas bem limpas
  • 2 alhos franceses
  • 1 l de caldo de legumes
  • 450 g de batatas
  • 1 cebola grande
  • 40 g de margarina
  • sal e pimenta q.b.
     

 

Confecção:

Colocar as urtigas em água corrente abundante, durante 5 minutos para perderem os picos.
Cortar a cebola e as batatas em cubos, e o alho francês em rodelas. Levar uma panela ao lume com a margarina a derreter.
Juntar os legumes e deixar refogar durante cerca de 5 minutos, mexendo sempre para não queimar.
Adicionar o caldo, tapar a panela e deixar cozer em lume médio cerca de 20 minutos.
Passar a mistura com a varinha mágica, e acrescentar água, se necessário.
Cortar as urtigas grosseiramente.
Levar novamente a panela ao lume e, assim que levantar fervura, juntar as urtigas.
Rectificar os temperos e deixar cozer cerca de 10 minutos.

Nota: As urtigas devem ser colhidas ainda novas, com 2 a 3 cm de comprimento. Recomenda-se o uso de luvas de jardinagem.

 

          _________________________________________________


Afrodite nasceu das espumas do mar (em grego, aphros) e é uma das doze divindades gregas do Olimpo, considerada a deusa da beleza, do amor e da fertilidade.


"...o único afrodisíaco verdadeiramente infalível é o amor. Nada consegue deter a paixão acesa de duas pessoas apaixonadas. Neste caso não importam os achaques da existência, o furor dos anos, o envelhecimento físico ou a mesquinhez das oportunidades; os amantes dão um jeito de se amarem porque, por definição, esse é o seu destino." (Isabel Allende)

 


sinto-me:

publicado por felismundo às 07:40
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Emiéle a 12 de Novembro de 2009 às 08:31
Dizes no fim que se aconselha o uso de luvas e estava a pensar nisso desde que comecei a ler... Ir à procura delas não é difícil , mesmo na cidade em terrenos desocupados isso cresce que se farta. mas apanhá-las é outra coisa. E apanhá-las com 2 ou 3 cm são muito pequenininhas! Vai ser toda uma aventura!!! Mas pelo menos é uma sopa que sai barata, e como disse urtigas há por todo o lado, não é como as beldroegas de que já aqui falaste e me deu saudades, mas difícil de obter.

Vamos lá ver como ai esta sopa!


De felismundo a 12 de Novembro de 2009 às 09:31
Tens razão, achei a receita com interesse, exactamente por ter esse lado económico e juntando ao facto de a considerarem afrodisíaca.
As beldroegas, já as há de cultura, a quem nós chamamos mansas, mas para mim quem me tira as bravas, aquelas que referes, que são difíceis de encontrar, dir-te-ei que, no Alentejo, nunca tive dificuldades e nos Açores, nem se fala, são aos montes.


De inframodal a 12 de Novembro de 2009 às 15:10
Aquela das "benesses que a natureza nos dá" está muito bem vista e é uma grande verdade. A sopa é que não me lembro de já a ter comido...


De felismundo a 12 de Novembro de 2009 às 18:01
Tens razão, desta ainda não comeste, nem eu.
Até ter conhecimento dela, só sabia que se davam urtigas aos perús, para os ajudar no crescimento. mas havemos de experimentar, quando voltarmos.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds