Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

MORREU O MÁRIO BARRADAS

http://www.ctalmada.pt/images/joaquim_benite_e_mario_barradas.jpg

 

Mário Barradas, natural de Ponta Delgada, onde nasceu no dia 7 de Agosto de 1931, deixou-nos hoje aos 78 anos de idade.

Licenciado em Direito, mas o Teatro foi, desde muito novo, a sua opção, que exesceu em todas as suas principais vertentes: como actor, tradutor, encenador e mesmo autor.

Destaca-se o facto de ter siido um dos fundadores, em 1975, do Centro Cultural de Évora, antecessor do Centro Dramático de Évora (CENDREV), com sede no centenário, Teartro Garcia de Resende.

Segundo um comunicado da actual direcção do CENDREV, é destacado o contributo activo e fundamental para o desenvolvimento teatral português, nas últimas décadas, que Mário Barradas deu, acrescentando o facto de Mário Barradas, não ter sido um homem de consensos. Polémico, agressivo nas suas posiçoes, o seu contributo foi absolutamente determinante para a nossa formação teatral e também humana.

Este açoriano notável, foi també, fundador da Escola de Formação Teatral do CENDREV.

Toda a sua acção, bem como as "sementes", que ao longo dos anos deitou à terra, são bem evidentes, no desenvolvimento cultural do Alentejo.

 

 


publicado por felismundo às 19:06
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De inframodal a 19 de Novembro de 2009 às 23:35
Mais um desaparecimento a lamentar. De extrema riqueza se vai privando esse pequeno quinhão de terra...


De felismundo a 21 de Novembro de 2009 às 09:27
Não deixa de ter alguma razão, aquilo que dizes.
Mas, neste caso, o legado é tão rico em termos de obra, exemplo e humano, que os que, com ele privaram e dele beberam os ensinamentos e a irreverência, não o deixarão cair no esquecimento.


De Luis Carlos a 20 de Novembro de 2009 às 00:04
Desapareceu uma das figuras mais importantes do Teatro em Portugal


De felismundo a 21 de Novembro de 2009 às 09:30
Antes de mais, um agradecimento , Luis Carlos, pelo seu comentário.
Depois, dizer que concordo, é pouco, pois o Mário era daqueles que nunca virava a cara à luta, na procura da perfeição e da evolução. Sim senhor, uma das mais importantes figuras do Teatro Português Contemporâneo.


De Emiéle a 20 de Novembro de 2009 às 07:56
Não sabia.
Estou desolada!!!


De felismundo a 21 de Novembro de 2009 às 09:33
Pois é, amiga, nós às vezes somos surpreendidos por estes factos, que queríamos que não acontecessem, mas, é a vida.
Saibamos ultrapassá-los, com coragem e determinação, exactamente a mesma que o Mário Barradas colocava, nos seus desafios.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds