Segunda-feira, 1 de Março de 2010

SEMANA CULTURAL DOS AÇORES, EM LISBOA

 

 

Acontecimento de uma tão grande importância, não podia deixar de fazer parte das notícias do ESTOUNASESTA, razão porque aqui vos trago o programa.

 

SEMANA DA CULTURA AçORIANA NO SãO LUIZ
02 MAR 2010 a 07 MAR 2010 | 00:00
Semana da Cultura Açoriana no São Luiz

25 ANOS DE MÚSICA ORIGINAL NOS AÇORES
LANÇAMENTO
2 MAR
TERÇA ÀS 18H30
JARDIM DE INVERNO
ENTRADA LIVRE
Classificação a definir

Lançamento do songbook, CD e DVD de um projecto ambicioso, dedicado à canção de autor açoriana; um olhar sobre o passado com o qual se pretende ajudar a desbravar caminhos para o futuro. Três obras que se complementam entre si e que em conjunto homenageiam e revisitam a profícua produção musical original nos Açores a partir do ano 1982, três registos indispensáveis para a divulgação e compreensão da cultura açoriana e dos seus criadores. Após a apresentação será visionado o DVD.

Intervenientes Ana Maria Teixeira da Silva (Directora do Teatro Micaelense), Rafael Fraga (co-autor do songbook, director musical), Augusto Macedo (co-autor do songbook) e José Medeiros (realizador do DVD)

OS JOVENS E A CRIAÇÃO ARTÍSTICA NOS AÇORES, HOJE
2 MAR
TERÇA ÀS 21H00
JARDIM DE INVERNO
ENTRADA LIVRE

Na sequência do Concurso LabJovem – Jovens criadores dos Açores, enquanto projecto que visa incentivar a criatividade, servindo de plataforma a uma nova geração de artistas açorianos, propomos o debate entre alguns vencedores das duas edições do concurso e elementos dos júris sobre a temática da criação artística nos Açores ou promovida por açorianos. Serão apresentadas duas performances de dança, desenvolvidas no âmbito deste programa. A primeira, intitulada 3.1, de Beatriz Oliveira e Maria João Gouveia, e a segunda, apresentada pela primeira vez no âmbito do Concurso Europeu Do you speak European?, com coreografia de Maria João Gouveia, e executado pelas alunas da Escola de Dança Ana Cymbron.

Intervenientes Paulo Teixeira da Silva (Design Gráfico), Gonçalo Tocha (Vídeo), Joana Dias (Ilustração), Cátia Guimarães (Artes Plásticas), Beatriz Oliveira (Dança) e Maria João Gouveia (Dança).


EXTENSÃO DA MOSTRA LABJOVEM
DE 2 a 7 MAR
TODOS OS DIAS NO HORÁRIO DA RESTANTE PROGRAMAÇÃO
ENTRADA LIVRE

Exposição de alguns trabalhos vencedores das edições do LabJovem – Jovens criadores dos Açores, 2007 e 2009 nas áreas de Ilustração, Design gráfico, Fotografia, Vídeo, Artes Plásticas e Dança.


OS AÇORES E A ARQUITECTURA
3 MAR
QUARTA ÀS 18H30
JARDIM DE INVERNO
ENTRADA LIVRE

A arquitectura nos Açores tem suscitado um crescente interesse junto de investigadores e público em geral. A formulação das principais características da arquitectura popular ou vernácula em contraponto com a dita erudita constitui motivo essencial para uma revisitação por parte de especialistas que se têm dedicado ao seu estudo. Simultaneamente, será abordada a arquitectura contemporânea, que nos últimos anos conheceu um incremento de qualidade e quantidade no território açoriano. Acompanha este painel uma exposição sobre a arquitectura conhecida por “Estilo Micaelense”.

Intervenientes Manuel Graça Dias (moderador), João Vieira Caldas (Arquitectura Popular), Isabel Soares de Albergaria (Arquitectura Erudita) e José Manuel Fernandes (Arquitectura Contemporânea)


VITORINO NEMÉSIO – E DEPOIS…
OS AÇORES E A LITERATURA
4 MAR
QUINTA ÀS 18H30
JARDIM DE INVERNO
ENTRADA LIVRE
Do ‘viveiro’ açoriano de que falava Vitorino Nemésio, saiu ele próprio já na peugada de outros. Figura ímpar no meio cultural açoriano e nacional, Nemésio não tem sido esquecido e tem sido continuado por uma geração prolífica que o tem presente mesmo quando dele se distancia e se enfronha por novos caminhos.

Intervenientes Nuno Costa Santos (moderador), Fernando Cristovão, Onésimo Teotónio de Almeida, Vasco Pereira da Costa, um outro interveniente a anunciar


ZECA MEDEIROS
CAFÉ CONCERTO
4 MAR
QUINTA ÀS 23H30
JARDIM DE INVERNO M/3

Autor de séries como Xailes Negros, Mau Tempo no Canal ou Gente Feliz com Lágrimas, Zeca Medeiros é um artista multifacetado com obra feita na música, no cinema, na televisão e no teatro. O seu trabalho Torna-Viagem foi agraciado com o prémio José Afonso em 2005.

PREÇÁRIO €5


25 ANOS DE MÚSICA ORIGINAL NOS AÇORES
CONCERTO
5 E 6 MAR
SEXTA E SÁBADO ÀS 21H00
SALA PRINCIPAL M/3

Em 1982, os Construção deram o mote a uma nova fase de produção musical original nos Açores, sustentada nos anos seguintes pela extensa produção de ficção da RTP-Açores e consolidada com os inúmeros compositores e intérpretes que, entretanto, se afirmaram bem além das fronteiras das ilhas. Agora, passados vinte e cinco anos, o Teatro Micaelense propõe um novo olhar sobre alguns dos temas mais emblemáticos da canção de autor açoriana, apresentado por um ambicioso naipe de músicos que leva a palco um espectáculo inovador e requintado, servido por arranjos exclusivos de Rafael Fraga.

PREÇÁRIO €8 a €15 (com os habituais descontos SLTM)


ANTHERO - O PALÁCIO DA VENTURA
TELEFILME – RTP AÇORES
5 MAR
SEXTA ÀS 23H00
JARDIM DE INVERNO
ENTRADA LIVRE
Classificação a definir

“Pretendo desvendar os mistérios e grandezas de um homem extraordinário. Se conseguir passar essa mensagem a quem conhece menos bem a vida e obra de Antero de Quental, cumpro a minha missão.”

Realização José Medeiros


ORQUESTRA ANGRAJAZZ
BAILE
6 MAR
SÁBADO ÀS 23H30
JARDIM DE INVERNO M/12

Orquestra Angrajazz é um projecto de formação musical na área do jazz, levado a cabo pela Associação Cultural Angrajazz desde 2002, com o apoio da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e da Direcção Regional da Juventude. É constituída por jovens músicos residentes na Ilha Terceira, Açores a maior parte dos quais oriundos de filarmónicas e é dirigida pelos músicos Pedro Moreira e Claus Nymark. A Orquestra Angrajazz tem participado deste então no Festival Internacional de Jazz de Angra do Heroísmo, e tem tocado em vários palcos dos Açores e no Festival de Jazz do Funchal em 2003. Em Maio de 2006, lançou o seu primeiro CD, intitulado Orquestra Angrajazz com Paula Oliveira. Já tocou com grandes nomes do jazz nacional como Paula Oliveira, Mário Laginha, Zé Eduardo, Afonso Pais, Mário Barreiros e Hugo Alves, que acompanharam a orquestra nas suas várias apresentações no Festival Angrajazz.

PREÇÁRIO €5

ORQUESTRA REGIONAL LIRA AÇORIANA
7 MAR
DOMINGO ÀS 17H30
SALA PRINCIPAL M/3

A Orquestra Regional Lira Açoriana foi criada em 1998 por iniciativa da Presidência do Governo dos Açores/ Direcção Regional da Cultura. Dirigida pelo maestro António Melo, a Lira Açoriana compõe-se de uma centena de jovens músicos recrutados em dezenas de filarmónicas dos Açores. Com um diversificado repertório de música ligeira e erudita, a orquestra serve de suporte ao aperfeiçoamento das bandas da Região, assumindo-se como símbolo da unidade regional. Entre as actividades que já desenvolveu contam-se as participações na Expo’98, em Lisboa e na Expo Am Meer, na Alemanha, além de concertos em vários pontos do País e da Região.

PREÇÁRIO ESPECIAL €5 (sem lugares marcados)


GASTRONOMIA
Ao longo da semana, a ementa do Spot São Luiz incluirá pratos característicos da gastronomia açoriana. Haverá ainda oportunidade de degustar os produtos açorianos nas happy hours do Jardim de Inverno (em articulação com a programação).

Co-Produção Teatro Micaelense e Direcção Regional da Cultura
Co-Apresentação SLTM
Alto Patrocínio Governo Regional dos Açores
   

Propositadamente e dado a qualidade do programa, não saliento nenhuma actividade, antes os convido a verem, todas ou a maior parte.

 

[ag_Anthero-2.jpg]

 

 


publicado por felismundo às 21:13
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds