Quinta-feira, 7 de Setembro de 2006

Hoje, à Sesta

Cá longe, do calor do Algarve e do Alentejo, a sesta, continua parte essêncial do meu quotidiano, senão, vejamos.
Saí, cedo de casa, como é hábito, e rumei à Rua de S.ta Catarina, o melhor centro comercial, a céu aberto, do Mundo. Não, não estou a exagerar e quem conhece, sabe-o bem. Dizia eu, que tinha saído de casa, e no meu percurso, deperei-me com uma livraria que tinha em escaparate um livro com o título: ELOGIO DA SESTA, da autoria de Bruno Comby, numa edição, Livros do Brasil, colecção Vida e Cultura. Por toda a simbologia, comprei-o, e não resisto a transcrever, algo que me chamou a atenção e que, certamente, vos irá suscitar a curiosidade.
Diz assim: "... Que relação pode existir entre o sono e o amor? É muito simples. Os três principais instintos - o instinto do sono, o instinto sexual e o instinto alimentar - não estão totalmente independentes uns dos outros, mas ligados. Com efeito, é a mesma região do cérebro, o hipotálamo, que controla estas três funções. Por isso é que qualquer desequilíbrio num domínio tende a repercutir-se nos outros dois. Por exemplo, é bem conhecido que uma falta prolongada de sono pode vir a determinar, mais cedo ou mais tarde, impotência sexual, anorexia ou bolimia. Outro exemplo: o desregramento dos ritmos do sono diminui o nosso estado de saúde geral e só pode ser nocivo para a qualidade da nossa vida amorosa. Para comer melhor e viver melhor o amor comecemos, assim , por equilibrar o nosso sono e fazer a sesta! E inversamente: comamos melhor e, automaticamente, o nosso sono terá tendência a normalizar-se e a nossa vida amorosa será mais satisfatória."
Perante isto haverá alguém que tenha a coragem de renegar uma boa SESTA?

publicado por felismundo às 16:38
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De jos palmeiro a 13 de Setembro de 2006 às 21:43
É bom ter-te de volta. eu é que decidi romper com a modorra do calor, e ir até à Galiza. Estou acabado de chegar ao Porto e dei uma vista de olhos, por aqui. Vou voltara dormir a sesta!


De emile a 11 de Setembro de 2006 às 18:36
Eu cá não!!!
E falo a sério, mas olha que o interessante é que muitas vezes bastam 10 minutos e acordo refrescada e com a sensação de que descansei a tarde toda. Palavra!! Olho para o relógio e penso que parou, porque não podem ter passado só aqueles minutos. Mas passaram mesmo. É uma coisa mágica como o nosso organismo absorve essa pausa.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds