Segunda-feira, 17 de Julho de 2006

COM MUROS NÃO HÁ PAZ

Hoje não escrevo, transcrevo este belíssimo escrito da "Isabel do Troll", a sua importância e o facto de ter sido sonegado pela dita grande imprensa, leva-me a divulgá-lo ao meu público.
Obrigado Isabel

Julho 17, 2006
Com muros não há paz
Ontem em Tavira, o representante da Autoridade Palestiniana junto do Parlamento Europeu, Abdel Athie, resumia nalgumas frases a estratégia de Israel para prolongar a guerra. Israel ao negar a existência no lado palestianiano de interlocutores, prolonga e alarga a guera infinita. Para se contruir a paz é necessário falar. Israel teima em fazer passar a imagem de que não tem com quem falar.
Para Israel, Arafat, segundo as palavras de Abdel Athie, tinha poder mas não tinha vontade. Mahmud Abbas tem vontade mas não tem Poder, dada a vitória do Hammas. E com o Hammmas não é possivel negociar, acrescenta. Israel esquece-se que que o Hammas ganhou umas eleições. Está democraticamente no Poder. Pode-se não concordar com ele, como reconhecia, Abdel Athie dizendo que não era o seu Partido, mas é legitimamente o representante do Povo Palestiniano..
Eleito em eleições que a Europa pagou. O representante da Autoridade palestiniana diria a dada altura da sua intervenção, que a Europa tem o dever de pressionar Israel a negociar a paz com os representantes eleitos, em eleições que a Europa pagou. Talvez seja esta junção de ideologia e de pragmatismo que ajuda a tornar as coisas claras...e a não cruzar os braços. Israel não quer a Paz. A Paz no Médio Oriente passa pela paz na Palestina. Tudo o resto, só virá depois. E o resto é, neste momemnto, tudo. O Irão, o Paquistão, o terrosrismo, o Iraque, as ditaduras do Médio Oriente, a paz no Mundo.
Não vale muito a pena clamar pela Paz e permitir que continuem sem resposta os que só vivem da Guerra. E que têm nomes.
No Sábado à noite, numa jornada pala paz em Tavira, com uma frase de George Lennon como lema: Give peace a chanche, esteve também presente a Presidente do Partido de Esquerda israeleita, Meretz. Que interviu ao lado de
Abdel Athie. Esta não é uma guerra entre povos.
Na noite quente de Tavira, longe de Gaza, do barulho das bombas e das lágrimas, - "a vossa música é bonita, infelizmente na nossa terra só temos direito a uma nota, ao barulho das bombas e dos bombardeamentos".diria Abdel Athie, no inicio de sua interbvenção e depois da música dos Kumpania Algazarra - a certeza de que esta não é uma guerra entre dois povos que querem ter o direito de existir. E a certeza de que para a Esquerda, a Guerra nunca pode ser a solução. Às vezes, foi um caminho. Nunca será a solução. E que os Muros nunca trarão a paz. Seja em que lugar e sob que justificação forem edificados..

publicado por felismundo às 15:54
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De jos palmeiro a 17 de Julho de 2006 às 20:37
Fiz o que entendi ser certo.
Já li o que a Emiéle, escreveu no Troll e subescrevo também, inteiramente.
A escalada da guerra, está de tal forma, que neste momento é difícil fazer pensar, qualquer das partes e apesar de haver quem pense, dos dois lados do conflito, há quem, nos palácios onde reúne o G8, continue a lucrar, com o conflito.
Quanto aos erros, acontecem, nos blogs em que os seus autores se regem por princípios de Verdade e Oportunidade, nada de mal.


De isabel faria a 17 de Julho de 2006 às 19:59
Obrigado, José. Apesar de alguns erritos ortigráficos (escrever á pressa, é o que dá), creio que consegui transmitir a ideia que pretendia.
E que a Ém´´ele sublinhou no comentário que deixou no Troll. A guerra não é solução. para a Esquerda a guerra nunca o pode ser.


De Emile a 17 de Julho de 2006 às 17:30
Fizeste muito bem esta transcrição.
O texto esta excelente, e meredce ser divulgado.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds