Quinta-feira, 25 de Maio de 2006

O DIA DA ESPIGA

Comemora-se um pouco por todo o país, o dia de hoje.
"Quinta-Feira de Ascenção" e "O Dia do Leite", são outras designações também usadas para este dia.
Mas aqui no SUL, é Dia da Espiga e, segundo Ernesto Veiga de Oliveira, "as pessoas, saem para os campos, para apanharem a "espiga", isto é, arranjam um raminho, que enquadra fundamentalmente uma espiga de trigo e um ranco de oliveira, e que se compõe, além destas espécies, de espigas, a preceito, de outros cereais — centeio, cevada, aveia, etc.—, e também rosas, papoilas, malmequeres, margaridas, pampilhos, ou outras flores campestres, em número e combinações variáveis conforme as localidades, mas certas em relação a cada uma, que se pendura dentro de casa, na parede da cozinha ou da sala, e aí se conserva um ano, até ser substituída pela "espiga" do ano seguinte, e a que, colhida nesse dia, se associa uma ideia expressa de virtude benfazeja".
Agora pergunto eu, como é possível, viver-se este dia na plenitude quando a maior parte dos campos, do meu Alentejo, já se não dedicam ao cultivo do "pão", pois transformaram-se em coutadas de caça, ou foram simplesmente abandonados, esperando que o regadio chegue, transformando a paisagem e dificultando a vivência de tradições ancestrais.
Ainda se fosse para melhor, mas não, tudo é feito em função do lucro rápido, sem ter em conta a preservação do ambiente e dos ecosistemas.
Um desejo, que ao menos a nossa Espiga, não seja castradora dos nossos anseios.

publicado por felismundo às 15:54
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De xuruco a 27 de Maio de 2006 às 23:19
Uma das qualidades dos alentejanos é a sua "brandura" em relação a tudo, temo que também seja o seu pior defeito...sujeitam-se a tudo e não têm grande espirito de luta para inverter as situações. Enfim não podiam ter tudo bom...


De Emile a 25 de Maio de 2006 às 21:41
Olá, Zé Palmeiro, venho pagar a visita :D

Tem piada termos escrito sobre o mesmo tema, e com o mesmo toquezinho nostrálgico. Talvez ajude a entender se eu disser que esse meu avô que ia comigo apanhar a Espiga era alentejano... Deve ser uma das razões de eu tem o Alentejo nos olhos, e me fazer tanta saudade aqueles enormes campos de trigo que deixei de ver.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds