Quinta-feira, 11 de Maio de 2006

Assim Vai o Nosso Jornalismo

Uma pérola do jornalista Augusto Madureira esta tarde, no noticiário das 19h00 na SIC - Notícias:
"...dos nove detidos em Espanha, no caso Afinsa, dois são luso-portugueses".
Estes são os bons exemplos da nossa iliterecia.

publicado por felismundo às 20:10
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Emile a 14 de Maio de 2006 às 17:30
Olha que coincidência!
Desde que nasci que também sou luso-portuguesa!!!! Se a asneira pagasse imposto, acabava-se o defice!!!!


De isabel faria a 13 de Maio de 2006 às 00:10
José, também chegou aqui???
Já lá deixei em casa o esclarecimento...a margarida continua a querer armar-se em vitima e nós em vilões.Problema da mente doentia dela. Concordo contigo. Talvez uma boa sesta desse resultado. Afnal, são quase 24 horas em frente ao computador...



De Jos Palmeiro a 12 de Maio de 2006 às 19:25
Margarida, devo esclarecer que nem eu nem o meu blog, servem para as questiúnculas que mantém com outros e muito menos de correio, porque não sou nem privatizado nem estatizado, sou LIVRE.
Relativamente a outros e aqui, também está incluída, farão o que lhes aprouver, sem invadir a liberdade das suas decisões e ou acções, de que são, únicos responsáveis.
Espero ter-me feito entender, e portanto, não a autorizo a sequer pensar que eu poderei ser veículo das suas ideias, que respeito.
Agradeço a sua visita e aconselho que durma a sesta e que aproveite, em toda a plenitude os seus benefícios.


De Jos Palmeiro a 12 de Maio de 2006 às 19:25
Margarida, devo esclarecer que nem eu nem o meu blog, servem para as questiúnculas que mantém com outros e muito menos de correio, porque não sou nem privatizado nem estatizado, sou LIVRE.
Relativamente a outros e aqui, também está incluída, farão o que lhes aprouver, sem invadir a liberdade das suas decisões e ou acções, de que são, únicos responsáveis.
Espero ter-me feito entender, e portanto, não a autorizo a sequer pensar que eu poderei ser veículo das suas ideias, que respeito.
Agradeço a sua visita e aconselho que durma a sesta e que aproveite, em toda a plenitude os seus benefícios.


De Margarida a 12 de Maio de 2006 às 14:22
Porque me negaram o acesso no troll (coisa que a si não aconteceu) agradeço que lhes faça chegar isto:

Pacheco: quem o lê até pode ser levado a acreditar que Cuba é um Estado-pária, isolado da comunidade dos povos e das nações. E contudo em Novembro de 2005, 182 países aprovaram o fim do bloqueio dos USA e em Maio de 2006 135 países elegeram Cuba para o Conselho dos Direitos Humanos da ONU. E se não for preconceituoso nem convencido leia estes três documentos e reflicta porque é que a maioria dos países e dos povos apoiam Cuba e o seu povo:

1 - 09/11/2005 - Na ONU, 182 países rejeitam bloqueio a Cuba
Cuba obteve ontem (8) um esmagador apoio na Assembléia Geral da ONU, onde 182 países aprovaram mais uma resolução exigindo dos EUA o fim imediato do bloqueio econômico e comercial contra a nação caribenha.
Esta foi a 14ª ocasião em que Cuba apresenta resolução pedindo o fim do bloqueiol, mas nunca tinha obtido um apoio tão alto.
Dos 191 países representados na Assembléia Geral, só quatro votaram contra a resolução (Estados Unidos, Israel, Palau e as Ilhas Marshall), e um se absteve (Gambia).
Na resolução adotada, que não tem caráter obrigatório, exige-se também que os EUA deixem de impor medidas que fortalecem os embargos econômico, comercial e financeiro a Cuba.
Desde a primeira votação na ONU sobre o tema, a comunidade mundial tem se pronunciado contra o bloqueio, com crescente apoio ao pelito cubano. Em 1992, 59 países assinaram o texto, número que aumentou para 179 em 2004 e 182 em 2005.

http://www.pt.org.br/site/noticias/noticias_int.asp?cod=39904


2 - Relatório de Cuba sobre a resolução 59/11 da Assembleia Geral das Nações Unidas.
(…) CONCLUSÕES

O prejuízo económico directo causado ao povo cubano pela aplicação do bloqueio, a partir de cálculos conservadores preliminares, ultrapassa 82 mil milhões de dólares; uma média de 1782 milhões de dólares anuais. Essa cifra não inclui os mais de 54 mil milhões de dólares imputáveis a danos directos ocasionados a objectivos económicos e sociais do país por causa das sabotagens e acções terroristas incentivadas, organizadas e financiadas desde os Estados Unidos, nem o valor dos produtos deixados de fabricar ou os prejuízos derivados das onerosas condições creditícias impostas a Cuba. O prejuízo ocasionado neste ano superou 2 mil 764 milhões de dólares.

No seu segundo mandato, a Administração do Presidente George W. Bush continua a escalar a níveis sem precedentes a sua política agressiva e de bloqueio contra o povo de Cuba, em aberto desacato aos princípios da Carta das Nações Unidas e do Direito Internacional, da liberdade de comércio e navegação e da reiterada e quase unânime vontade da comunidade internacional de que finde essa política genocida, expressada em sucessivas reoluções aprovadas na Assembleia Geral.

A aplicação do bloqueio não afecta apenas severamente ao povo cubano; prejudica os interesses e os direitos do povo norte-americano e doutros países do mundo. O último ano caracterizou-se por um incremento do efeito extraterritorial do bloqueio, visto que se tornou mais ferrenha a aplicação das regulamentações, sanções e ameaças contra cidadãos e empresas estrangeiras.

O povo cubano não renunciará à sua independência, à sua soberania nem ao seu direito à livre determinação. Essa decisão tem permitido, a pesar do bloqueio, a construção duma sociedade cada vez mais justa, equitativa e culta, solidária com outros povos do mundo, incluído o dos Estados Unidos.

Cuba sabe que poderá continuar a contar com o apoio da comunidade internacional em defesa do seu justo reclamo para que se ponha termo ao bloqueio económico, comercial e financeiro imposto pelo Governo dos Estados Unidos contra o povo cubano.

http://www.portocomcuba.org/bloqueio.htm

3 - CRONOLOGIA DO BLOQUEIO ECONÓMICO DOS ESTADOS UNIDOS CONTRA CUBA
1959 - 11 de Junho
En el contexto de la aplicación de la Ley de Reforma Agraria decretada en mayo de 1959, EE.UU. amenazó con la reducción de la cuota azucarera, la prohibición de inversión privada norteamericana y la eliminación de todo tipo de ayuda económica, si eran nacionalizadas propiedades norteamericanas sin una rápida compensación.
(...)
http://www.portocomcuba.org/bloqueio.htm


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...
Parecendo que não, duplicou o drama!!!
Oportuno, realmente.Ainda era o marido a trabalhar...
Olá.Um belo poema de António Ramos Rosa.A 1ª vez q...
Na verdade o abandono dos blogs também me tocam......

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds