Terça-feira, 15 de Maio de 2007

Os "MEMES", nós e os outros!

Emiéle, essa do "meme" tem piada. Depois de teres, com o pensamento chinês expresssado o teu "meme", eu prefiro dizer, o teu lema, algo de verdade se passa, pois quer se queira, quer não, não há maneira de se viverem os dias de outra maneira, mas lembrá-lo, isso sim, pois há quem pense que não.
O meu "meme", é mesmo meu. Haverá situações semelhantes, mas a mim marcou-me e está sempre presente. Sou filho de um HOMEM que devido á desarticulação da sua família parental, a mãe era modista e beata, o pai sapateiro, músico e amante dos prazeres da vida. O meu pai com onze anos incompletos rumou a Lisboa onde trabalhou numa mercearia, vindo dois anos depois, para uma terra que não era a sua, trabalhar no mesmo ramo, sendo criado fora dos pais. Poderia ter-se tornado em tudo, mas não, formou-se como homem, constituiu família, foi um pai exemplar, com as condicionantes que a vida lhe proporcionou, sempre acompanhado pela minha mãe, uma excepcional companheira e mãe exemplar. Todos os dias, essa memória me acompanha e me dá forças para a minha vivência do quotidiano.
Se isto é "meme" ou não, não sei, sei que é verdade e preferi entendê-lo assim, a levar as coisas para a brincadeira ou para a ironia.
Quanto à foto, não podias ter escolhido melhor, pô-la ia, para ilustrar o meu "meme", mas parece-me que quem a queira ver, o melhor que tem a fazer é ir ao www. opopulo.blogspot.com , vê-la, e ao mesmo tempo reflectir com os teus escritos.

publicado por felismundo às 16:45
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Emile a 17 de Maio de 2007 às 21:18
Só posso desculpar-me com a verdade, tenho tido uns dias complicadíssimos e quase nem tenho tido tempo para passar pelo meu próprio blog!!! Mas quando disse que «voltava cá» era uma promessa que pensava cumprir. Helás, não consegui…
O teu «meme» é comovente. Uma lição de dignidade e de amor. De coragem e força e entende-se que educado por pais como tu os descreves sejas a pessoa que mostras ser. Eu sei bem que a vida noutros tempos e para certas pessoas era duríssima. Nós tentamos suavisá-la para os nossos filhos, mas o modelo que aqui mostras deves decerto tê-lo mostrado aos teus filhos como exemplo.
É curioso que eu também sou filha de um grande lutador que começou cedo a lutar pela vida não pelas dificuldades económicas do teu pai mas por dificuldades familiares – um padrasto abominável – e ganhou em todas as frentes. Que sorte a nossa, amigo, em ter tido pais assim!


De felismundo a 17 de Maio de 2007 às 10:25
Só para dizer que continuo à espera do teu comentário. Estou espectante!


De Emile a 16 de Maio de 2007 às 09:08
Eu parvamente estou só a escrever à pressa, dizendo que queria comentaro teu escrito com mais tempo e calma.
Logo mais à tarde apareço por cá.
Até logo
:)


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 10 seguidores

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. AOS DOMINGOS POESIA

. ...

. POESIA POPULAR ALENTEJANA

. LEMBRANDO A INFÂNCIA

. BENFICA 2 - PORTO 2

. ...

. A poesia de Fernando Pess...

. TENTEMOS UM RECOMEÇO, PEL...

. É BOM OUVIRMOS OS "MAIS V...

. MUDANÇAS

.arquivos

. Outubro 2013

. Junho 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.últ. comentários

sou de peroguarda, gostava do seu contacto se poss...
Sou de Peroguarda tenho alguns poemas como o da ab...
Boa tarde,Seria possível aceder a esse bloco de po...
O poeta António Joaquim lança foi meu bisavô.....t...
Meu caro Armando Facadinhas, só hoje dei pelo teu ...
Meu caro Armando, é com todo o gosto que te vejo p...
boa tarde é armando facadinhas câmara municipal d...
Salvé o retorno à blogosfera. As nossas ausências ...
Tens toda a razão, o esquecimento é uma coisa cont...
Boa recordação.É uma pena estes nomes irem caindo ...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds